Globo recebe notificação do Ministério da Justiça por exibir conteúdo improprio - Coluna Brasil
Connect with us


Globo recebe notificação do Ministério da Justiça por exibir conteúdo improprio

TV

Globo recebe notificação do Ministério da Justiça por exibir conteúdo improprio

A novela O Sétimo Guardião foi reclassificada como impropria para menores de 14 anos pelo ministério da justiça

A medida se deu porque de acordo com o despacho publicado no Diário Oficial da União, a Rede Globo de Televisão não teria acatado as exigências do Governo de Jair Bolsonaro e manteve a novela como impropria para menores de 12 anos.

Segundo a pasta do ministro Sérgio Moro, a produção não deve ser vista por menores de 14 por conter cenas de sexo, prostituição, erotização, estupro e consumo de drogas ilícitas, além de preconceito.

O despacho ainda aponta que a emissora já havia sido notificada sobre a alteração no dia 8 de fevereiro, mas que não apresentou nenhuma “resposta ou justificativa aos acontecimentos relatados”.

 

A Globo pode recorrer da decisão. A reclassificação não afeta a exibição da novela. Não há mais vínculo entre faixa etária e horário.

Além disso, a trama já vai ao ar depois das 21h, que antes era o horário limítrofe para produções impróprias para menores de 14 anos.

Justiça pode tirar “O Sétimo Guardião” do Ar

Alem desta notificação a novela sofre com outros problemas na justiça, conforme noticiamos a Rede Globo esta sendo acusada de plagiar uma obra da escritora , Barbara da Cunha Coelho, que é autora do livro “As Muralhas de Vida Eterna: Uma Metáfora Sobre o Tempo”.  Veja na integra:  O Sétimo Guardião: Novela pode sair do ar após acusação de plagio.

 

PATROCINADO
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais em TV

To Top